22254993_1431683583552918_5186752755849049230_o.jpg

No mês de Setembro Governo Municipal enviou para a apreciação da Câmara dois Projetos de Lei de grande importância para o nosso município.

 

1 - Projeto de Lei 22/2017, que autorizaria o Executivo Municipal a celebrar com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S/A – BDMG operações de crédito até o montante de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), que seriam destinados à obras de infraestrutura urbana, em especial a sinalização das ruas.

2 - Projeto de Lei 23/ 2017, que autoriza o Governo Municipal a celebrar com o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S/A – BDMG operações de crédito até o montante de R$ 225.000,00 (duzentos e vinte e cinco mil reais), destinados à aquisição de um CAMINHÃO PIPA. O veículo auxiliaria no combate as queimadas e nas obras realizadas pelo Executivo Municipal.

Ambos os projetos foram aprovados por unanimidade em todas as comissões da Câmara Municipal. Porém, foram rejeitados no plenário por se tratarem de matéria de quórum de dois terços (2/3), ou seja, os projetos deveriam receber 8 (oito) votos a favor para que fossem aprovados.
Os projetos obtiveram as seguintes votações nominais:

A FAVOR - Edvaldo Lira da Silva, Nevitom Borges da Costa, Rodrigo José de Carvalho, Paulo Henrique Furtado, Lourdes Silva e Souza, Guilherme de Souza Serrano e Hamilton Pires de Rezende.

CONTRA - João Paulo Baena Alves, Carlos César de Castro e Gilson Cézar Prock.

A atual administração lamenta que projetos de grande importância para a cidade da Campanha sejam rejeitados por membros de Legislativo Municipal, implicando negativamente à qualidade do serviço prestado ao cidadão.