COMUNICADO

 

Febre Amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por mosquitos, tanto em áreas urbanas e silvestres. Para o enfrentamento da doença, Sistema Único de Saúde (SUS) oferece gratuitamente a vacina por meio do Calendário Nacional de Vacinação, principalmente para as pessoas que moram ou vão viajar para área rural ou silvestre.

No início de 2017, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) foi notificada sobre a ocorrência de casos suspeitos de febre hemorrágica, e declarou situação de emergência na área de abrangência das Unidades Regionais de Saúde de Coronel Fabriciano, Governador Valadares, Manhumirim e Teófilo Otoni.

A maior frequência da Febre Amarela ocorre entre os meses de dezembro e maio, período com maior índice de chuvas - fato que está ligado diretamente a proliferação do vetor (Mosquito).

 

Geralmente, o indivíduo que contrai o vírus não chega a apresentar sintomas ou eles são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

Após o tratamento adequado, a  maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a Febre Amarela.

A medida mais importante para prevenção e controle da febre amarela é a vacinação. Por este motivo, a Secretaria Municipal de Saúde de Campanha informa que, apesar do município não estar na área com recomendação de aplicação vacina (ACRV), ela é recomendada à todas as pessoas - principalmente aquelas que moram ou vão viajar para áreas com indícios de febre amarela. A Vacina está disponível, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), na Materno – infantil , diariamente das 8 às 15 hrs, e deve ser administrada pelo menos 10 dias antes do deslocamento para áreas de risco. As pessoas que não estiverem com doses em dia precisam atualizar o cartão de vacina

O atual esquema vacinal contra febre amarela é composto por uma dose aos 9 meses de idade* e um reforço aos 4 anos. Para indivíduos com mais de 5 anos de idade que receberam uma dose da vacina anos antes, é necessário administrar um reforço - que será avaliado pela equipe de saúde.

Já para pessoas que nunca foram vacinadas ou não possuem comprovante de vacinação, se faz necessário administrar a primeira dose da vacina e um reforço após 10 anos.

Indivíduos que já receberam duas doses da vacina ao longo da vida e estão com o cartão de vacinação em dia são considerados imunizados e não precisam do reforço de 10 em 10 anos. Pessoas com 60 anos ou mais e que nunca foram vacinadas, ou sem o comprovante de vacinação , devem passar por uma avaliação médica para que seja avaliado o  benefício da aplicação da vacina, levando em conta o risco da doença e o risco de problemas de saúde comuns à esta  faixa etária.

* Devido ao número expressivo de casos, o Ministério da Saúde estabeleceu o início do período de vacinação contra a febre amarela para pessoas acima de seis meses de vida que moram ou irão viajar para áreas rurais ou silvestres.

Contraindicações

  • Crianças com menos de 6 meses de idade;
  • Indivíduos com histórico de reação anafilática a substâncias presentes na vacina (ovo de galinha e seus derivados, gelatina e outros produtos que contêm proteína animal bovina);
  • Pacientes com histórico de doenças do timo (miastenia grave, timona, casos de ausência de timo ou remoção cirúrgica)
  • Pacientes com imunossupressão de qualquer natureza:

    -Pacientes infectados pelo HIV com imunossupressão grave;
    -Pacientes em tratamento com drogas imunossupressoras (corticosteroides, quimioterapia, radioterapia, imunomoduladores);
    -Pacientes submetidos a transplante de órgãos;
    -Pacientes com imunodeficiência primária;
    -Pacientes com neoplasias.

Obs: Gestantes deverão ser avaliadas de acordo com o risco de contrair a doença, dependendo da área em que moram ou  irão viajar.                                                                                       

Governo Municipal compra aparelho de Raio X
Sex, 17 de Novembro de 2017
Cumprindo um compromisso com o cidadão campanhense, o Governo Municipal adquiriu um aparelho de Raio X! O equipamento custou 88.000,00 reais e foi adquirido com recursos próprios, e em breve estará em pleno funcionamento para atender aos... Leia mais...
Governo Municipal oferece cursos profissionalizantes através do PRONATEC
Qui, 16 de Novembro de 2017
Atenção! Estão abertas as matrículas para os cursos do PRONATEC EaD! São mais de 70 cursos gratuitos com certificado, que visam promover a profissionalização do jovem! Leia mais...
Confira o folheto sobre o uso consciente de antibióticos
Ter, 14 de Novembro de 2017
                                                                     ... Leia mais...
Convite: Saúde na Praça!
Sex, 10 de Novembro de 2017
Paralelo ao desfile em comemoração aos 280 anos da Campanha acontecerá o Saúde na Praça! São várias atividades e exames voltados para a sua saúde, cidadão! Contamos com a sua presença! Compareça! Compartilhe!  
Convite: Desfile em Comemoração aos 280 anos da Campanha
Sex, 10 de Novembro de 2017
O GOVERNO MUNICIPAL TEM O PRAZER DE CONVIDA-LOS PARA O DESFILE ESTUDANTIL EM COMEMORAÇÃO AS 280 ANOS DA CAMPANHA! O desfile que aconteceria no dia 22 de Outubro foi remarcado para o dia 15 de Novembro, próxima quarta-feira! Contamos com a sua... Leia mais...